SÉRIE: BEM-AVENTURADOS #6

TEXTO BÍBLICO: Mateus 5.8 [ARA].

Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.

A VERDADEIRA PIEDADE CRISTÃ.

INTRODUÇÃO

Esta é a mais abrangente de todas as bem-aventuranças; aqui, a santidade e a felicidade são completamente descritas e reunidas. As bem-aventuranças retratam não apenas o estilo de vida do seguidor de Jesus, mas também o seu caráter.

Os bem-aventurados (ou felizes) são aqueles que se arrependem ao ouvir a proclamação do reino de Deus; e fazem isso porque lhes foram manifestadas a verdadeira condição que havia em seu coração antes de Cristo. Agora, em Cristo Jesus, não apenas o seu exterior é transformado, mas também e principalmente o seu interior, onde apenas Deus tem acesso e é capaz de transformar.

Há pelo menos duas observações que precisamos fazer, ao estudar essa bem-aventurança em questão. Vejamos:

I. ESTA BEM-AVENTURANÇA DIZ RESPEITO À CARACTERÍSTICA MAIS ABRANGENTE DOS BEM-AVENTURADOS – pureza de coração.

a) A verdadeira religião consiste na pureza de coração;
b) Aqueles que são puros interiormente mostram que estão sob o poder da religião pura e imaculada – “A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo” (Tg 1.27);
c) O verdadeiro cristianismo está no coração; na pureza do coração; no lavar o coração da malícia. Como Deus diz por meio de Jeremias: Lava o teu coração da malícia, ó Jerusalém, para que sejas salva! Até quando hospedarás contigo os teus maus pensamentos? (Jr 4.14);

Aplicação: De quê devemos manter nosso coração puro? Devemos manter nosso coração puro de toda malícia, corrupção, cobiças carnais, pensamentos e desejos impuros, atitudes de inveja e toda vanglória. Devemos manter nosso coração puro em oposição às obras da carne, que são conhecidas por todos nós. Precisamos erguer para Deus, não apenas mãos limpas (atitudes correspondentes ao Fruto do Espírito), mas também um coração puro (Pensamentos de paz e não de malícia).

O Salmista Davi faz uma oração e se questiona:

3 Quem subirá ao monte do SENHOR? Quem há de permanecer no seu santo lugar? 4 O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente. 5 Este obterá do SENHOR a bênção e a justiça do Deus da sua salvação (Sl 24.3-5).

A resposta para este questionamento do salmista é respondida no próprio texto: Nenhum homem poderá subir ao monte do Senhor e permanecer em seu santo lugar porque todos pecaram e se entregaram à falsidade e às juras dolosas. Nossa única opção é Jesus Cristo. Ele é o único que não pecou. Ele não se entregou a uma vida de mentira (falsidade) e nem se envolvem com ídolos deste mundo, fazendo compromissos e juras em nome dos falsos deuses desta terra.

Ser puro de coração significa depositar nossa vida inteiramente nas mãos daquele que é perfeito e que é capaz de nos habilitar perfeitamente, segundo os seus méritos, para entrarmos no Santo dos Santos e sermos recebidos, ao invés de consumidos.

Ser puro de coração significa guardar a Palavra de Deus em nós para não pecar contra ELE e aos nossos semelhantes; significa que estamos sendo aperfeiçoados dia-a-dia por meio das Palavras de vida eterna de nosso Senhor e Mestre, Jesus Cristo; para que, no final de tudo, possamos ser manifestados com ELE, pois, como diz o apóstolo João: “… somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é” (1Jo 3.2).

Mas, ainda resta uma segunda observação que precisamos destacar desta passagem. A primeira é que esta bem-aventurança diz respeito à característica mais abrangente (ampla) dos bem-aventurados, que é a pureza de coração; agora veremos uma outra.

II. ESTA BEM-AVENTURANÇA DIZ RESPEITO AO CONSOLO MAIS ABRANGENTE DOS BEM-AVENTURADOS – eles verão a Deus.

Observe o que Jesus está ensinando. Em outras palavras, Ele está dizendo que o resultado de uma verdadeira piedade cristã será poder ver a Deus, não no sentido ultimo da palavra, mas sentido de poder estar diante de Sua tão gloriosa e santa presença e não sermos consumidos, muito pelo contrário, é estar diante dele e sermos recebidos e tocados por Sua Glória;

Ver a Deus face a face, como foi com Moisés, é estar em Sua sublime presença e poder contemplar a sua Grandeza e Majestade sem mediações;

Essa felicidade de ver a Deus é prometida e garantida apenas àqueles que são limpos de coração; ninguém, exceto esses, é capaz de ver a Deus. Na verdade, para os ímpios e impuros, ver a Deus não seria motivo de alegria, mas de dor e sofrimento, assim como de desespero e condenação;

Aplicação: Ver a Deus é um eterno consolo para os crentes verdadeiros; que, em Cristo Jesus, limparam suas mãos e purificaram seu coração. Ver a Deus será o enxugar das lagrimas para os verdadeiros crentes que, enquanto estavam nesta terra, choraram e lamentaram, sem deixar de perseverar e crer nas promessas de seu Senhor e Salvador.

CONCLUSÃO

Em contraste com a maiorias das falsas religiões que estão por aí, preocupadas com rituais de purificação do homem exterior, esta bem-aventurança fala de uma purificação interior que homem nenhum é capaz de fazer, apenas em Cristo Jesus esse homem é purificado.

Pelos méritos de Jesus Cristo somos purificados de toda macha de pecado e toda malícia de nossos pensamentos. Pelos méritos de Jesus Cristo somos habilitados para não apenas entrar no lugar Santíssimo, mas também estar diante do Santo dos santos e contemplar a sua glória e majestade, pelos séculos dos séculos.

A certeza de que tudo isso irá se cumprir é a mesma que nos diz que, em Jesus Cristo, já estamos assentados nas regiões celestiais com Ele e que já desfrutamos de sua graça sobre graça ao nos salvar e libertar do império das trevas.

A verdadeira piedade cristã é aquela que persevera na vida santificada, em Cristo Jesus! Amém.

Publicado por Pr. Luiz de Souza

Não ousaria me definir em frases prontas ou palavras que prefiguram alguém que ainda esta em construção. Vivo para que Deus seja conhecido e busco conhecer cada vez mais esse Deus. Minha gratidão é plena ao ser alcançado e resgatado por Jesus, e por isso vivo para que Ele cresça e eu diminua cada vez mais. Pois "A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo". [Ef 3.8]

2 comentários em “SÉRIE: BEM-AVENTURADOS #6

  1. A paz de Cristo! Sou Alan Batista, autor do blog Cristianismo sem fake, também tenho um programa na rádio web Espaço da Fé. Gostei dos seus textos e gostaria de estabelecer um relacionamento de amizade contigo. Acredito que o ser humano se constrói nos relacionamentos saudáveis, trocando ideias e compartilhando experiências. Meu whatsapp é (21) 96476-1991, se assim lhe for conveniente, vamos criar uma conexão.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

bombasonica

busque evolução e se liberte!

RACHEL SHEHERAZADE

Sermões | Artigos | Devocionais

Consciência Cristã

Sermões | Artigos | Devocionais

O Tempora, O Mores

Sermões | Artigos | Devocionais

Voltemos Ao Evangelho

um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Renato Vargens

Sermões | Artigos | Devocionais

%d blogueiros gostam disto: