Aquietai-vos [Salmos 46]

aquietai-vos-salmos-46

INTRODUÇÃO

Este é, sem dúvida, um dos Salmos mais lidos por todos nós. Neste salmo encontramos palavras de conforto e segurança para nossas vidas. Somos motivados e incentivados a confiar no Senhor dos exércitos, que está conosco.

Em uma época de crises financeiras, onde o desemprego ou o baixo salário se tornam um pesadelo a cada dia; este salmo nos traz a segurança de que estamos guardados e protegidos no Senhor, que nos ajudará desde antemanhã.

Em tempos difíceis como este em que vivemos, podemos descansar no Senhor, sabendo que Ele continua sendo o mesmo Deus; assim como foi com Jacó no passado, Ele continua sendo refúgio para os aflitos de espirito hoje.

Em momentos de tribulações, onde somos assolados pelo desânimo e abalos que a vida compartilha conosco, podemos ter a certeza que Deus é o nosso refúgio e fortaleza e está bem presente nas tribulações.

Este salmo pode nos trazer conforto e segurança para uma vida neste mundo, alicerçada em Deus. A grande mensagem que este salmo nos traz é que Deus está conosco, e por isso precisamos manter nosso espirito confiante n’Ele, sabendo que só assim poderemos responder ao chamado do salmista quando nos diz “Aquietai-vos”. Este chamado está associado à fé e confiança em Deus, pois é o Senhor dos exércitos que está conosco.

Este salmo também nos apresenta uma promessa messiânica. Uma mensagem escatológica é dita nestes versos. A informação que recebemos é que “Deus está conosco e nos ajudará desde antemanhã”. Também somos informados de que, por mais que as nações e os reinos se abalem e a terra se dissolva, Deus é exaltado entre as nações e na terra; pois Ele é o SENHOR. Ele continua conosco na pessoa de Seu Filho Jesus Cristo, o Emanuel – Deus conosco.

Para entendermos melhor as palavras deste salmo, precisamos voltar ao seu contexto, tendo em vista que este salmo é um cântico de louvor ao Senhor dos exércitos; também podemos perceber que há uma forte declaração de que este mesmo Senhor peleja por nós em nossas batalhas e nos faz vitoriosos em meio às batalhas que não pelejamos.

O Salmo 46 foi escrito pelos filhos de Corá (embora seja composto por declarações do rei Ezequias mediante acontecimentos históricos), na época em que o exército assírio cercou Jerusalém. Os Salmos 46, 47 e 48 são hinos de louvor que celebram a vitória e o livramento de Deus sobre um grande inimigo.

O profeta que compôs este Salmo, enaltecendo um livramento singular concedido por Deus, exorta os fiéis a se entregarem confiadamente à sua proteção, e a não duvidarem da proteção e confiança no SENHOR, mesmo diante dos ataques de inimigos.

A ocasião que este Salmo foi escrito é quando Deus livra Jerusalém do ataque feroz de Senaqueribe rei dos assírios, durante o reinado de Ezequias. A grande ênfase deste salmo é sobre a presença do Senhor com seu povo e sobre como faz uma grande diferença confiar nele durante as transformações e as dificuldades da vida. O Salmo concentra-se no Senhor e em quem ele é para o povo que nele confia.

O PERFIL DO REI EZEQUIAS [2Rs 18.1-8].

Ezequias é achado como alguém que teme a Deus; confia no SENHOR; fazia o que era reto perante o SENHOR; devotou sua vida em adoração ao único e verdadeiro Deus; se apegou ao SENHOR, seguindo-O e guardando os seus mandamentos; e, o SENHOR era com ele.

SENAQUERIBE INVADE JUDÁ E AMEAÇA TOMAR JERUSALÉM [2Rs 18.13-18].

Senaqueribe, acompanhado de um grande exército e em busca de mais poder, invade todas as cidades fortificadas de Judá e as toma. Sua ganancia era tamanha que também peleja contra a capital de Judá, a cidade de Jerusalém. Nesta cidade havia sido construído o templo de Salomão e a Arca da Aliança estava localizada.

SENAQUERIBE AFRONTA A EZEQUIAS E AO SENHOR [2Rs 18.19-37].

A falta de temor de Senaqueribe o fazia ser arrogante e irreverente diante do Deus de Ezequias. Ele afronta Ezequias com palavras de desprezo, mas também, ataca ao próprio Deus de Ezequias com insultos e insubmissão. A postura de Ezequias diante do povo é de incentivo a confiarem em Deus, mesmo diante das afrontas recebidas.

EZEQUIAS CONSULTA O PROFETA ISAÍAS E ENVIA RESPOSTA A SENAQUERIBE [2Rs 19.1-7].

Diante desta afronta, o rei Ezequias se indignou e enviou seus líderes para consultarem o profeta Isaías, e questionarem se Deus teria ouvido todas as palavras de afronta que Rabsaqué proferiu ao Deus vivo. O profeta Isaías lhes transmite a reposta de Deus: Não temas…”.

SENAQUERIBE RESPONDE A EZEQUIAS [2Rs 19.8-13].

Senaqueribe recebe a resposta dos representantes do rei Ezequias de que confiaram no Deus vivo; então, Senaqueribe tenta desmotivá-los comparando o Seu Deus com os deuses dos povos que ele (Senaqueribe) havia destruído.

EZEQUIAS SE DIRIGE A DEUS EM ORAÇÃO [2Rs 19.14-19].

Neste momento, Ezequias transfere toda a afronta a Deus, pois é a Deus que estão afrontando. Ezequias se volta para Deus por meio da oração e clama ao SENHOR pedindo que o livre das mãos do inimigo, e que isso seja usado como referência para todos os reinos da terra saibam que só o SENHOR (יהוה Y ̂ehovah; Javé = “Aquele que existe”) é Deus (אלהים ’Elohiym; o verdadeiro Deus).

DEUS OUVE A ORAÇÃO DE EZEQUIAS [2Rs 19.20-34].

Deus responde a Ezequias por meio do profeta Isaías, Ele diz “… eu te ouvi” [v.20]. Ele diz que todas as afrontas que Senaqueribe proferiu não foram contra Ezequias, mas “contra o Santo de Israel” [v.22].

DEUS, PELO SEU ANJO, DESTRÓI O EXÉRCITO ASSÍRIO [2Rs 19.35-37].

Deus se levanta com poder contra o exército assírio. Com apenas um Anjo ele destrói 185 mil soldados; e, Senaqueribe retira-se e volta para Nínive onde é morto por seus dois filhos.

Aqui também podemos ver o SENHOR pelejando pelo Seu povo. Ezequias não precisou levantar um grande exército para pelejar contra seus inimigos; bastou apenas confiar sua vida nas mãos de DEUS. Vale lembra que Ezequias era homem temente a Deus e fazia o que agradava o SENHOR, muito antes deste conflito. Ele não passou a ter uma vida de devoção a Deus mediante este conflito, muito pelo contrário; ele demonstrou sua confiança em Deus e esse conflito só provou que sua vida estava de fato, nas mãos de Deus.

 Ao conhecermos este contexto, podemos então, entender o Salmo 46. E mediante este contexto, nos deparamos com pelo menos três características que o salmista nos apresenta da pessoa de Deus.

  1. A PROTEÇÃO DE DEUS – nosso refúgio [v.1-3]. Mesmo em meio às lutas e tribulações desta vida, em Deus encontramos abrigo.
  2. A PRESENÇA DE DEUS – socorro bem presente [v.4-7]. O Deus que servimos continua conosco todos os dias de nossas vidas. Ele é o Emanuel – Deus conosco.
  3. A MAJESTADE DE DEUS – sou exaltado entre as nações e na terra [v.8-11]. Esse mesmo Deus que nos protege e está presente em nós, é poderoso e majestoso. Seu nome é exaltado entre as nações e em toda a terra. “Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos” [Sl19.1].

CONCLUSÃO

Embora o mundo seja atormentado por sofrimentos devido à realidade do pecado, Deus está nos chamando para procurar refúgio no único local onde podemos verdadeiramente encontrar: SUA PRESENÇA.

“Aquietai-vos” quer dizer, literalmente: Descansem! Pelo fato de Ezequias e de seus líderes terem permitido que Deus fosse Deus, ele os livrou de seus inimigos.

Deus permite que fiquemos em apertos para que nossa fé cresça e ele seja exaltado. Muitas vezes nos gloriamos das coisas que somos capazes de fazer e não damos crédito algum a Deus, esquecendo que até mesmo de que foi Ele quem lhes deu o fôlego de vida.

Estamos diante de Deus em todo tempo de nossas vidas com uma postura de descanso por estarmos seguros em suas mãos. Amém!

Publicado por Pr. Luiz de Souza

Não ousaria me definir em frases prontas ou palavras que prefiguram alguém que ainda esta em construção. Vivo para que Deus seja conhecido e busco conhecer cada vez mais esse Deus. Minha gratidão é plena ao ser alcançado e resgatado por Jesus, e por isso vivo para que Ele cresça e eu diminua cada vez mais. Pois "A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo". [Ef 3.8]

3 comentários em “Aquietai-vos [Salmos 46]

  1. Amo este salmo,pois este cântico exalta ao Poderoso Pai Eterno.
    Além disso nós da a certeza de confiança. Fiquem na paz

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

bombasonica

busque evolução e se liberte!

RACHEL SHEHERAZADE

Sermões | Artigos | Devocionais

Consciência Cristã

Sermões | Artigos | Devocionais

O Tempora, O Mores

Sermões | Artigos | Devocionais

Voltemos Ao Evangelho

um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Renato Vargens

Sermões | Artigos | Devocionais

%d blogueiros gostam disto: