Vivendo a Missão do Evangelho de Jesus, o Cristo.

>>>>>> Atos dos Apóstolos 2.42-47 <<<<<<

INTRODUÇÃO

O mundo em que vivemos está cada vez de mal a pior. As pessoas estão cada vez mais pensando em si mesma e deixando o próximo com viver com suas próprias forças e recursos.

A sociedade brasileira padece com governantes corruptos que prevalecem diante de um tribunal corrupto, leis corruptas e eleitores corruptos. É por esse e muitos outros motivos que tem levado ao declínio deste mundo.

Quando olhamos para a comunidade evangélica como um todo, podemos observar que também há um declínio em sua postura cristã, diante de Deus e dos homens.

Cristãos que foram alcançados pelo Evangelho da Salvação de Jesus Cristo não tem entendido a missão desse evangelho e tão pouco praticado as boas novas deste evangelho para com os seus.

Ao olharmos pras Escrituras Sagradas, podemos encontrar Jesus Cristo nos ensinando que esse evangelho não só nos traz as boas novas de salvação como também nos ensina a vivermos na missão e, pela missão, deste evangelho que nos foi dado a conhecer.

Quando entendermos qual é a missão do evangelho, após nos trazer a boa noticia de Salvação, enquanto cristãos seguindo o evangelho de Cristo, ai poderemos dizer que fomos alcançados por esse evangelho e vivemos nesse evangelho.

Os textos que lemos narram o resultado desse evangelho na vida das pessoas que foram alcançadas por Jesus, o qual lhes presenteou com a salvação de suas vidas, e agora, essas mesmas pessoas, estão “vivendo a missão do evangelho de Jesus, o Cristo”.

Os cristãos da igreja primitiva têm muito a nos ensinar a respeito desta missão, pois o evangelho de Jesus realizou uma grande obra na vida destas pessoas e o próprio Jesus lhes ensinou que, esse evangelho, agora faz parte da vida deles e o que antes veio como presente, agora se torna a missão deles [At 1.8].

O Senhor Jesus lhes entrega uma ordem que precisa ser rigorosamente executada, para que esse evangelho alcance resultados ainda maiores sobre todos os que creem.

Olhando para o texto, buscaremos assimilar os pontos necessários para vivermos a missão do evangelho de Jesus, o Cristo. Vejamos quais são esses pontos, partindo do exemplo da igreja apostólica.

I. VIVER A MISSÃO DO EVANGELHO É ESTAR SOB A PALAVRA DE DEUS [v. 42a]

Deus, em sua infinita misericórdia e graça, ainda fala conosco. Antes Deus falava diretamente com o homem. Por causa do pecado esse relacionamento sofreu variações. Deus passou a falar com seu povo por meio dos profetas. Depois, Ele usa o próprio Jesus para transmitir a Sua Palavra. E por fim, Deus fala com o seu povo por meio das Sagradas Escrituras, registradas pelo Espírito Santo, através de homens santos.

É fato que Deus sempre está pronto para ouvir e falar com o seu povo, até mesmo quando ele está em silêncio, sabemos que ele está falando com o seu silêncio.

Hoje temos como Palavra de Deus as Sagradas Escrituras, Antigo e Novo Testamento. O apóstolo Paulo nos diz que “Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a educação na justiça” [2Tm 3.16].

Na época da igreja primitiva as Escrituras ainda não estavam completas. O povo só tinha o Antigo Testamento, mas para eles era plena e suficiente Palavra de Deus.

O texto nos diz que a igreja primitiva perseverava na doutrina dos apóstolos. Homens que foram chamados por Jesus, capacitados para a obra por Jesus, amados por Jesus e enviados para o campo missionário pelo próprio Jesus.

Há esses homens lhes foram dados a tarefa de continuarem com a proclamação do Evangelho a toda criatura [Mt 16.15]. Jesus lhes deu esta ordem e foi exatamente isto que fizeram.

A igreja primitiva, também conhecida como a igreja apostólica, deu inicio às suas atividades como congregação, fundamentada nas Sagradas Escrituras, rigorosamente ministrada pelos apóstolos.

Uma igreja que anseia viver a missão do evangelho de Jesus precisa estar fundamentada na doutrina de Cristo, registrada nas Sagradas Escrituras. Essa igreja tem como centro a pregação da Palavra de Deus.

É muito difícil encontrarmos nas igrejas pós-modernas a ênfase na Pregação da Palavra de Deus. A pregação tem saído de sena das reuniões e cultos.

Existem repertórios e repertórios de canções, inúmeras apresentações de coreografias e danças, peças teatrais, testemunhos e muitas outras coisas que tem tomado à centralidade na igreja. E a pregação da Palavra de Deus tem sido menos importante nas reuniões e cultos.

Essa igreja apostólica não só tinha como ponto principal de suas reuniões a pregação das Sagradas Escrituras, como também se mantinham perseverantes no ensino e meditação das Palavras de vida eterna.

A igreja de hoje precisa se voltar para as Escrituras. Viver a missão do evangelho de Jesus é estar “sob” a Palavra de Deus. Estar sob a Palavra de Deus não significa estar acima dela, significa estar sob a direção dela.

A igreja primitiva não fazia nada que não estivesse nas Escrituras. Sua fonte de consulta não eram os magos ou deuses de sua época. Seu instrumento de localização para a vida não eram os conselhos dos ímpios e nem mesmo às fábulas, mas unicamente as Escrituras.

É importante levarmos em consideração que o texto nos diz “e perseveravam na doutrina dos apóstolos”. Aqui podemos identificar o tamanho da responsabilidade que esses homens tinham com o rebanho de Deus.

O apóstolo Paulo escrevendo sua segunda carta a Timóteo 4.2 diz “pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina”.

Toda e qualquer atividade da igreja deve estar fundamentada na Palavra de Deus. Todo e qualquer sermão deve estar alicerçado, do inicio ao fim, à Palavra de Deus.

Qualquer programação que a igreja se propor a fazer, mesmo que o intuito é a evangelização, integração de membros ou adoração, se não estiver como ponto de partida as Sagradas Escrituras, ela esta longe de agradar a Deus.

A missão do evangelho de Jesus nos ensina a nos manter sob a Palavra de Deus acima de qualquer coisa.

II. VIVER A MISSÃO DO EVANGELHO É ESTAR EM COMUNHÃO COM DEUS E UNS COM OS OUTROS [v. 42b]

Outro aspecto relevante que encontramos nessa igreja é o fato de se manterem em comunhão. A comunhão dessa igreja se dava por meio de seus encontros diários. Pelo menos dois aspectos do evangelho de Jesus, com relação à comunhão, precisamos conhecer.

  1. O evangelho de Jesus nos coloca em comunhão com Deus. O sentido do evangelho de Jesus é nos trazer de volta ao convívio relacional do homem com Deus. A boa notícia do evangelho de Jesus é que, por meio do sacrifício de Jesus Cristo, temos paz com Deus [Rm 5.1]. Uma vez que nosso relacionamento com Deus está em paz, temos comunhão com Ele. [1Jo 1.3]
  2. O evangelho de Jesus nos ensina a ter comunhão uns com os outros. Além de termos, por meio do evangelho, a comunhão com Deus, essa mesma comunhão nos ensina a estar em paz uns com os outros. A prova que a igreja estar em comunhão com Deus, é a sua comunhão com o próximo, porque Deus é amor [1Jo 4.7-8; 20-21].

O apóstolo Paulo diz aos cristãos de Corinto que, ao participar da ceia do Senhor, eles precisavam fazer um autoexame para avaliar se sua comunhão com Deus e com os irmãos não estava quebrada [1Co 11.28].

Ele diz que “quem come e bebe sem discernir o corpo, come e bebe juízo para si” [1Co 11.29]. Isto significa que, o cristão que participa da Ceia do Senhor – que é um símbolo do sacrifício que trouxe comunhão entre Deus e o homem, mas não esta em comunhão com o seu irmão, estar invalidando o sacrifício de Cristo. Essa atitude anula, na vida da pessoa, o que Jesus fez na cruz para fazer essa comunhão, e o juízo de Deus está sobre essa pessoa.

Uma igreja que vive a missão do evangelho de Jesus está plenamente em comunhão com Deus e principalmente com o seu próximo.

E quem é o meu próximo? Todo aquele que necessitar da minha ajuda, esse é o meu próximo.

III. VIVER A MISSÃO DO EVANGELHO É LEMBRAR-SE DA MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS, O CRISTO [v. 42c].

A missão do evangelho de Jesus também é o anuncio de que Ele morreu na cruz do calvário por nossos pecados e ressuscitou no terceiro dia. Hoje muitos evitam falar essa verdade fundamental para a igreja.

Jesus reúne seus discípulos pela ultima vez e celebra a Ceia dizendo “… isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim” [Lc 22.19]. Ele deixa esta ordem para os seus discípulos que, todas as vezes que celebrassem a Ceia, se lembrassem de que Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado [1Co 5.7].

A igreja primitiva celebrava a Ceia do Senhor todas as vezes que se reunião, e traziam a memória que Jesus, o Cordeiro de Deus foi sacrificado por causa de nossos pecados e, ao terceiro dia ressuscitou, vencendo o pecado e a morte, para a glória de Deus Pai.

A igreja que vive a missão do evangelho de Jesus é uma igreja que celebra a morte e ressurreição de Jesus, o Cristo. Essa igreja nunca deve esquecer que o Filho de Deus, e não um homem comum como eu e você, foi morte pelos nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia.

IV. VIVER A MISSÃO DO EVANGELHO É MANTER-SE AVIVADOS PELAS ORAÇÕES E SÚPLICAS [v. 42d].

A igreja que vive a missão do evangelho de Jesus também está ciente de que precisa estar em sintonia com Deus, em todo tempo. A oração nos coloca em sintonia com Deus. Ela é o meio pelo qual expomos nossos anseios diante do Pai.

Jesus nos ensinou a orar e nos deu exemplo de vida de oração. Em todo tempo que Ele estava com seus discípulos, lhes ensinou a orar e mostrou uma vida regada pela oração.

Com a oração, falamos diretamente com Deus. Não precisamos mais levar nossas suplicas a intermediários. Cristo Jesus com o seu sacrifício na cruz nos possibilitou um acesso direto a Deus.

Jesus nos ensina a orar como convém, pelo Espírito Santo [Rm 8.26], pois até nessa parte precisamos da orientação de nosso Senhor para não errarmos. Ele ensina seus discípulos a orar da maneira correta [Mt 6.9-15].

É muito importante conhecer as Escrituras Sagradas, é importantíssimo adorar a Deus, mas uma vida sem oração é uma vida morta espiritualmente. A oração é a chave para o avivamento cristão.

A igreja precisa entender que a oração também faz parte da missão do evangelho de Jesus. Não só a oração de súplica – onde suplicamos a Deus que nos assista em algo que necessitamos; mas também a oração intercessora – onde intercedemos uns pelos outros.

V. VIVER A MISSÃO DO EVANGELHO É SABER QUE A SALVAÇÃO SÓ PERTENCE A DEUS [v. 47].

O tema principal do evangelho é a salvação. Todo homem anseia se salvo da ira de Deus e da condenação ao inferno, mas precisamos entender pelo menos três princípios nessa verdade sobre o evangelho da salvação.

  1. O evangelho da salvação é pra ser anunciado pra todos [Mc 16.15]. A igreja primitiva vivia a missão desta verdade. Ela estava diariamente pregando esse evangelho de salvação a todos, até mesmo para aqueles que se achavam conhecedores dos decretos de Deus. Não havia distinção quanto a isso. O apóstolo Paulo diz que todos pecaram e carecem da glória de Deus [Rm 3.23]. Nossa missão é anunciar a todos esse evangelho.
  2. O evangelho da salvação é só para os que creem [Jo 1.12]. Embora seja uma tarefa do cristão anunciar esse evangelho para todos, nem todos receberam esse evangelho. Jesus nos diz que ele só terá efeito sobre aqueles que creem.
  3. O evangelho da salvação tem Deus como seu Senhor. A salvação pertence somente a Deus. O apóstolo Paulo escrevendo aos cristãos de Tessalônica que Deus os escolheu desde o princípio para a Salvação [2Ts 2.13]. O v. 47 nos diz que enquanto o povo louvava a Deus, o Senhor acrescentava os que iam sendo salvos.

 CONCLUSÃO

Viver a missão do evangelho de Jesus é obedecer a seus princípios registrados nas Sagradas Escrituras, viver o amor de Deus uns com os outros e saber que Deus tem o domínio de todas as coisas, inclusive da salvação.

Ele é quem acrescenta as vidas ao seu corpo. Ele que veio até nós nos salvar. Nós não fomos até Ele porque estávamos mortos em nossos delitos e pecados.

Como igreja, precisamos viver a missão do evangelho de Jesus, o Cristo, enquanto há tempo.

Publicado por Pr. Luiz de Souza

Não ousaria me definir em frases prontas ou palavras que prefiguram alguém que ainda esta em construção. Vivo para que Deus seja conhecido e busco conhecer cada vez mais esse Deus. Minha gratidão é plena ao ser alcançado e resgatado por Jesus, e por isso vivo para que Ele cresça e eu diminua cada vez mais. Pois "A mim, o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar aos gentios o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo". [Ef 3.8]

2 comentários em “Vivendo a Missão do Evangelho de Jesus, o Cristo.

  1. Que o Senhor Jesus nos ensine, a vivermos o evangelho genuíno voltado a palavra, como os discípulos pediram, ensina-nos a orar, para assim ser uma igreja na missão do reino de Deus.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

bombasonica

busque evolução e se liberte!

RACHEL SHEHERAZADE

Sermões | Artigos | Devocionais

Consciência Cristã

Sermões | Artigos | Devocionais

O Tempora, O Mores

Sermões | Artigos | Devocionais

Voltemos Ao Evangelho

um site cristão por Cristo e pelo Evangelho

jonasmadureiradotcom.wordpress.com/

"Quebre os grilhões da cela, mas não se assuste se o prisioneiro não sair, talvez a cela seja absurdamente confortável."

Renato Vargens

Sermões | Artigos | Devocionais

%d blogueiros gostam disto: